Impacto da análise de crédito na inadimplência

Conhecer o impacto da análise de crédito na inadimplência é essencial para garantir a permanência no mercado e a sustentabilidade do negócio.

Isso ocorre porque, para grande parte da população brasileira, o acesso a determinados bens e serviços só é possível a partir da tomada de empréstimos junto a bancos comerciais ou outras instituições financeiras.

Nesse contexto, as comercializações a prazo assumem grande relevância para as empresas, pois permitem o aumento das vendas e garantem fluxo de caixa para o futuro.

Mas para evitar que seu negócio seja engolido pela inadimplência, é necessário adotar processos de análise de crédito.

Não sabe como fazer isso? Então, não se preocupe mais. Preparamos este post para apresentar a importância de tais procedimentos para a sua empresa e oferecer orientações para fazer uma análise de crédito fundamentada. Confira!

Qual a importância da análise de crédito?

Qualquer concessão de crédito deve ocorrer de forma bastante criteriosa. Afinal, com o aumento das vendas a prazo, cresce o risco da inadimplência.

Assim, se sua empresa pretende realizar vendas com pagamento parcelado, é extremamente importante avaliar a capacidade de pagamento dos seus clientes, para evitar possíveis prejuízos no futuro.

Como fazer a análise de crédito?

Confirmação dos dados cadastrais

O cadastro de clientes é importante para conhecer o perfil do consumidor. Informações como RG, CPF, comprovantes de residência e renda permitem uma análise de crédito mais eficaz.

Com um banco de dados cadastrais organizado e atualizado, sua empresa possui todas as informações necessárias e determinantes para iniciar o processo de análise.

Neste caso, é fundamental ter uma cultura de gestão cadastral para manter todos as informações organizadas e atualizadas.

Análise do comportamento do cliente no mercado

O passo seguinte é verificar quanto e que tipo de dívidas o consumidor tem. Para isso, é importante que a sua empresa utilize os serviços fornecidos por órgãos de proteção ao crédito – como o SPC ou SERASA, além de outros que existem no mercado.

Ao adotar esse procedimento, você pode criar critérios de concessão de crédito. Um exemplo seria a adoção de juros mais altos para aqueles clientes que possuem nome negativado, por apresentarem maiores riscos de inadimplemento.

Por outro lado, sua empresa pode proporcionar melhores condições aqueles que não possuem restrições, como menores taxas e prazo mais amplo para pagamento.

Avaliação da capacidade de pagamento futura do cliente

Essa etapa permite identificar o nível de endividamento do cliente, ou seja, quanto do seu orçamento ainda está disponível para assumir novas dívidas.

Com essa informação, você pode estimar um limite seguro para o financiamento. Isso é importante para gerir o impacto da análise de crédito na inadimplência.

Além de determinar a quantidade e o valor máximo das parcelas para pessoas que apresentam menores riscos de inadimplemento.

E mais: a profundidade da análise de crédito deve ser proporcional ao montante a ser concedido.

Créditos de menor valor podem ser analisados de forma mais ágil e menos criteriosa, enquanto aqueles de maior valor devem passar por uma triagem mais profunda, evitando assim o risco de inadimplência.

Deixe um comentário

Quer saber mais sobre o curso?

Preencha o formulário abaixo e logo entraremos em contato.

  • Fique tranquilo! Seu e-mail está seguro conosco. Não fazemos spam!

Quer saber mais?

Preencha o formulário abaixo e logo entraremos em contato!

Assine nossa newsletter!

Fique por dentro! Receba conteúdo de exclusivo e de qualidade!
  • Seu e-mail está seguro conosco! Não enviamos spam.