fbpx

Novas regras do cheque especial para 2020

A partir do dia 06 de janeiro começam as novas regras do cheque especial para 2020, conforme regulamentação do Banco Central.

Qual o novo limite de juros para o cheque especial?

Conforme o novo regulamento, a taxa máxima de juros que os bancos poderão cobrar de pessoas físicas e microempreendedores individual (MEI) é de 8% ao mês.

Até então, a taxa média girava em torno de 12% ao mês, acumulando mais de 300% ao ano.

Como ficam as tarifas do cheque especial?

Para quem tem limites acima de R$ 500, os bancos poderão cobrar uma tarifa de até 0,25% ao mês.

A tarifa será cobrada mesmo quando não utilizado o serviço. Ao usar o limite, essa taxa será descontada do valor dos juros.

Para quem as novas regras se aplicam?

Para os correntistas antigos, as novas regras do cheque especial só irão valer valer a partir de junho. Cada banco decide se vai cobrar ou não e cabe ao cliente decidir se quer o limite acima dos R$ 500.

Para os novos correntistas, os bancos já podem cobrar a tarifa conforme as novas regras.

Quem não desejar pagar a nova tarifa de 0,25%, a opção é reduzir o limite de crédito para até o valor de isenção, de R$ 500.

Mas cuidado. Ao optar pela redução do limite, o correntista pode correr dois riscos: não ter o dinheiro à disposição em caso de emergência, ou arcar um custo ainda maior por estourar o limite.

A boa notícia é que quatro dos cinco maiores bancos do país anunciaram que, por enquanto, não devem cobrar a nova tarifa de 0,25%.

Qual o impacto das novas regras do cheque especial para os bancos?

Estudo do Banco Central mostra que o cheque especial representa 1,4% do total de crédito para as pessoas físicas. Porém, a modalidade responde por 13,2% da margem de intermediação financeira líquida dos bancos.

Esta margem, considerando o volume emprestado na modalidade, é bem superior ao de várias outras linhas de crédito.

Mesmo assim, O banco Central afirma que fixação do juro máximo não impõe risco à sustentabilidade financeira das instituições.

error: Content is protected !!
WhatsApp chat

Quer saber mais?

Preencha o formulário abaixo e logo entraremos em contato!